Sobre coisas tristes…

"Rivendell"
"Rivendell"

“É estranho, mas as coisas boas e os dias agadáveis são narrados depressa, e não há muito que ouvir sobre eles, enquanto as coisas desconfortáveis, palpitantes e até mesmo horríveis podem dar uma boa história e levar um bom tempo pra contar.”

[O HOBBIT – J.R.R.TOLKIEN]

Isso foi dito assim que Bilbo Bolseiro, Gandalf e os Anões chegaram a Rivendell [Valfenda], um lugar lindo e cheio de elfos. Realmente Tolkien não falou muita coisa a respeito das mais ou menos duas semanas que os personagens ficaram por lá.

O que eu quero dizer é que Tolkien tinha mesmo razão.
Os autores passam mais tempo falando das desventuras de seus personagens do que dos detalhes felizes. O pior é que, mesmo sem querer, nós fazemos isso com a nossa própria vida…

Quando alguém nos pergunta se estamos bem e nossa resposta é ‘não’, costumamos seguir com uma narrativa de nossos infortúnios. Por que não lembramos da piada que nos fez rir tanto, ou do filme que nos fez lembrar de alguém? Talvez aquela criancinha de passos incertos que vimos passar pela rua de mãos dadas com seu pai, sentindo totalmente segura.

Mas não. Passamos tempo demais nos preocupando com problemas e esquecemos das coisas mais simples que realmente nos fazem feliz. Todo mundo já passou ou vai passar por isso um dia.

O que as pessoas tem que aprender é que mesmo num dia muito ruim, coisas boas podem acontecer, mas se nao prestarmos atenção passamos por elas sem perceber e depois pode ser tarde demais…

 

[Eh bom ter algo pra escrever…]

5 thoughts on “Sobre coisas tristes…

  1. Viu, já é alguma coisa [esse post… ter o que postar…]… Na verdade, um ótimo post, se quer saber minha opinião. Eu concordo com você, e tento agir dessa maneira. Procuro pensar nas coisas positivas… Não vai adiantar de muita coisa ficar remoendo as negativas. Pelo contrário, só será pior cada vez mais. Eu sei do que falo!
    Sobre seus comentário: O que você tem-que-falar-comigo-de-alguma-maneira? Como vai fazer? Manda por e-mail, não pode?!
    Recado à Bubu enviado.
    Eu me tratar? Por quÊ? Quem disse que quero me livrar desse bom mau?!!!
    Pelo visto, Nutella é conhecido de norte a sul no Brasil, sim, se não em outras partes do mundo também [você viu os comentários da Aninha???!].
    Os homens parecem ter mania de querer mostrar serviço, mesmo. Mas o problema do Fábyo é que ele é um tanto quanto esquentadinho mesmo!!!
    Domesticada foi uma maneira carinhosa de dizer que foi ensinada em casa… huahuahua! “é a cadela da vizinha”: outra expressão que fazia teeeempos que não ouvia!
    E sobre a petição, eles provavelmente enviarão à ela assim que alcançar o número mínimo de assinaturas desejado.
    Bjuxx*

    Gostar

  2. Uma amiga minha disse para mim ao ser perguntada sobre quais eram as novidades, que as novidades que a mesma possuia eram todas ruins… eu perguntei porque e ela me disse:
    Eu estava morando e trabalhando em Rio das Ostras até que minha avó adoeceu e me mudeu para o Rio para cuidar dela… portanto perdi o emprego… duas semanas depois minha avó faleceu, logo após isso tentei voltar para meu emprego mas não consegui. Hoje estou trabalhando numa casa de instrumentos musicais ganhando menos da metade que eu ganhava no outro emprego. Depois de ouvir isso, eu virei pra ela e disse: Mas que ótimo, olha quanta coisa boa você fez!! Você socorreu alguem que você amava quando essealguem precisou, e pra isso abandonou algo que te prendia, depois do fatoocorrido com a pessoa amada, tentou voltar mais uma vez para o emprego que a prendia, por sorte não conseguiu, e hoje trabalha num ambiente que você curte, cercada de amigos, e envolta por música dia e noite. Motivos pra ficar triste todos nós temos. Agora o que fazemos com a tristeza é que define se seremos vencedores ou perdedores.
    Depois disso essa minha amiga me deu um abraço e foi embora para casa com uam sensação melhor.

    Bom acho que esse é o espírito. Coisas boas são faladas menos por muitos, mas os poucos que falam muito sobre as coisas boas sempre são felizes…. a felicidade é algo para “ser” e não “estar” enquanto a infelicidade é algo para se “estar” e não “ser”…

    BjaumLine, ótimo tópico, edesculpa ai se exagerei… oq ue contei foi verdade e achei legal contar^^
    se cuida^^

    Gostar

  3. Aaaah, amei esse post! Você está cobertíssima de razão… e que o diga J.R.R. Tolkien – o cara era o gênio dos gênios, na minha concepção!
    Desculpa por ter ficado um tempão sem passar por aqui, mas é que passei por umas semanas corridas. Li tudo o que você escreveu, e gostei bastante! Especialmente do clipe da Katy Perry, que sempre me faz rir! É um dos mellhores, com certeza!
    Ótima semana pra você!
    Beijinhos!

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s