Um ensaio sobre a raiva

 Vamos ver se depois a gente se acalma…
rrrrhhhhgggg...
rrrrhhhhgggg...

 Apesar de os humanos estarem ”no topo” das espécies e todos viverem dizendo que somos os mais inteligentes, nós também somos os que mais cometemos erros. O que um ser humano e pensante não é capaz de fazer quando tem raiva de alguma coisa?

Se uma criança tem raiva da outra ela pode dar um belo de um soco no meio da fuça do rosto. Ou então se vingar e contar para um adulto, e aí a outra criança fica de castigo. Mas quem ensina besteira pras crianças, hein?!

Um adulto com raiva é mais perigoso que macho defendendo território, mais até que fêmea protegendo a cria. Porque o ser humano é capaz de pensar, maquinar as coisas.Você pode levar uma rasteira quando menos espera de alguém que tem raiva de você.

O cara que tinha raiva (e preguiça) de precisar fazer seu próprio serviço, inventou a Escravidão.

O cara que tinha raiva (e inveja) por existirem pessoas diferentes, mentiu que era o melhor e inventou o Nazismo.

O cara que tinha raiva (e despeito) por alguns terem grana e ele não inventou o Comunismo.

E o cara que tinha raiva (e medo) das pessoas criticarem os seus atos inventou a Censura.

(Lembrando sempre que estamos apenas especulando por aqui.)

Quer dizer, além de ser ridículo, isso tudo gera conflitos.

Mas olhando pra mais perto, pra questões mais pessoais, a raiva nos impulsiona a cometer muitos erros.

Uma pessoa que não tem papas na língua pode perder alguém que gosta por estar com raiva e falar besteira.

Eu acho que ciúme pode ser uma variação da raiva, como se você tivesse que defender algo. Raiva porque não é o único objeto do olhar da pessoa, ou, na paranóia, pensa assim.

O tempo que a gente perde dando vazão a raiva não pode ser recuperado. Muitas vezes pedir desculpas não resolve.

Tirando por experiência própria, a gente perde muito mais do que ganha quando se enfurece. E eu tenho um pavio cur-tís-si-mo!

Ah! Mas dá um ”disconti”, que mulher fica pau da vida com raiva pelo menos uma ves por mês, né?! Ninguém merece TPM…

Existem muitos métodos de controle (ainda bem) estilo: tomar um copo d’água, respirar fundo, fechar os olhos, contar até 10 (20, 30, 40…) e morder a língua pra não falar (comer alguma coisa também serve). Porque depois que você abre a boca, parece que sai tudo de uma vez. Aí já era, sem condições de reverter a situação.

Então faz assim, evite coisas que te estressam, , se não tiver jeito, finge que não ouve, às vezes dá certo. Mas se de tudo o que você tentou, nada (tipo, nada meeesmo) funcionar…

Ouve uma musiquinha!!!

Advertisements

7 thoughts on “Um ensaio sobre a raiva

  1. Hahaha, a-do-rei o post!
    (E sou a primeira a comentar, de novo, vivaaa!)
    Verdade, bota um fone de ouvido com a sua banda preferida que cura qualquer mal… pelo menos pelo tempo em que vc permanece com o fone no ouvido, hahaha!

    “O cara que tinha raiva (e despeito) por alguns terem grana e ele não inventou o Comunismo.” – Hahaha, SEMPRE achei isso! Verdade verdadeirissima! ;p

    Beijinhos, FLOR. ;D

    Gostar

  2. Especulações interessantes….
    Conselho… banho de agua fria…. cura QUASE qualquer coisa…. menos uma possivel gripe….

    COnselho 2: relaxa… se vc acredita que aquilo não existe…. aquilo não existe….

    Conselho 3: daum desconto proshomens tbm… agente atura coisa bagarai de quando em veztbm….

    como eu disse pra Drika eu vou fikr um tempo sem net… por motivos meramente financeiros… portanto fikrei um tempo sem falar contigo…. me desculpa por isso….

    Maybe…. my heart is your…. take care…. and be carefull….

    Gostar

  3. Nossa, falou tudo, parece que eu me vi dizendo “eu tenho um pavio curtíssimo”. E é algo que eu juro que não consigo evitar. Mas é aquela coisa, na hora eu explodo e depois tá tudo bem… Porque se fica guardando, fingindo que tá calma e que esqueceu é pior ainda, porque a explosão se torna muito maior. E o choro também. Esses tempos eu fiquei tão louca da vida com meu namorado -e o motivo talvez nem fosse tão significativo assim- que eu tentava ficar bem, mas não conseguia. Não queria falar com ele senão ia gritar e espernear, surtar geral. Não conseguia me acalmar com a p*¨%%$%$ da música e ficava grunhindo estranho… o.o’ Foi meio assustador, tipo garota com TPM mesmo… E não era… Porque quando eu tô assim nem eu me suporto, fato. Queria uma receita pra ser mais relax. Será que maracujina funciona mesmo? Beijo, fica com Deus.

    Gostar

  4. “O cara que tinha raiva (e despeito) por alguns terem grana e ele não inventou o Comunismo.” – ele tinha dinheiro, na verdade ele pertencia a classe social ao qual criticava por explorar o trabalho alheio. para entender realmente marx não aconselho estudá-lo pelos que são contra ele, e nem pela turma esquerdona rsrs ambos terão uma visão caricata e pouco estruturada. pouquissimos são os que conhecem verdadeiramente as obras dele, a maioria no maximo leu o manifesto (que é um texto-panfleto) e que correspondia a um momento especifico a historia

    quanto a agir pela raiva, disse bem, a raiva é pulsão, a ação sai toda sem controle, é como um carro desgovernado, voce pode até chegar onde quer (apesar da minima chance de acontecer isso) mas chegará não por si, mas por uma cagada da vida.

    o controle da raiva depende exatamente da nossa capacidade de racionalizar sobre ela, descobrindo os motivos e organizando as soluções , no fim de tudo é isso mesmo que tu disse, a raiva diminui a potencia construtiva da vida e por consequencia diminui a força de viver.

    sobre sermos inteligentes, em muita coisa somos mesmo, nos adaptamos a qualquer lugar do mundo, pois somos capazes de construir instrumentais para isso, mas as baleias, que são imensas são capazes de construir comunidades baseadas na cooperação entre si, e de respeito ao meio onde vivem, tem uma comunicação avançada e muito bonita por sinal. eu sou fã de sons de baleia, para mim ouvi-las é manter um elo com Deus.

    Gostar

    • Alguém aí não prestou atenção na parte do ‘nós estamos especulando’…
      E eu estava me referindo ao Comunismo, não ao Socialismo utópico de Marx!

      Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s