Sobre mudanças…

Eu estou devendo um post há alguns dias, sorry, mas ando desanimada…
Thiago meu deu uma idéia, então vamos lá!

Eu não sou uma pessoa muito corajosa, principalmente quando o assunto é mudança. Sempre tenho medo de  as coisas não darem certo e eu não poder voltar atrás. Acabo fazendo com que tudo na minha vida seja feito à base de rotinas.

Mas a verdade é que isso não é muito bom, né? xp
Tudo na nossa vida é feito à base de mudanças, elas vão acontecer quer a gente queira, quer não. Então as coisas se tornam mais fáceis se você tentar acompanhá-las, algumas se tornam até aceitáveis depois de um tempo.

Aceitar que as pessoas vão embora >> você precisa se dar a chance de conhecer outras e compartilhar suas lembranças.
Aceitar que nem tudo pode ser do seu jeito >> na vida, muitas coisas são conseguidas porque teve a capacidade de fazer uma concessão.
Aceitar que você tem sempre algo a aprender >> conhecimento não ocupa espaço, a gente nem usa o cérebro todo mesmo! Além do mais ninguém sabe tudo.
Aceitar as diferenças >> isso evita preconceitos e aumenta os horizontes.
Aceitar que não se pode lutar contra o tempo >> não vamos ser jovens pra sempre, precisamos fazer as coisas agora e a gravidade não é um mito xP

O tempo é o maior aliado das mudanças, ele é que faz as coisas acontecerem, nada volta, então é melhora aproveitar.
Se houvesse uma Máquina do Tempo as pessoas fariam de tudo pra ter uma chance de voltar atrás e fazer diferente, mas esse tipo de mudanças não seria aconselhável pois tem muitos efeitos colaterais. Sabe lá quantas coisas você perderia por simplesmente voltar lá naquele dia e tirar a roupa do varal antes que começasse a chover…

[Alguém aí viu “EFEITO BORBOLETA”? É o único filme aceitável do Ashton Kutcher xp]

No fim das contas a única coisa que nós podemos fazer é agir pra que as mudanças sejam a nosso favor.

7 thoughts on “Sobre mudanças…

  1. No fim das contas a única coisa que nós podemos fazer é agir pra que as mudanças sejam a nosso favor.
    e se não forem…. simplismente acompanha-las assim msm pois afinal…. ñ temos muita escolha…..

    curti o tema…. faz bem expor isso de vez em quando^^

    saudades…

    Gostar

  2. Só tenho uma coisa a dizer: ODEIO mudanças. E tá, eu reconheço a importância delas, mas odeio do mesmo jeito! ;p

    Ah, qual é, vai! Qualquer filme do Ashton Kutcher, mesmo que uma tranqueira, vale a pena… só pra ver ele! Hahaha!
    Beijinhos.

    Gostar

  3. “Tudo na nossa vida é feito à base de mudanças, elas vão acontecer quer a gente queira, quer não. ” – é isso mermo, tudo na vida é o devir, a vida tá em constante fluxo, mesmo que pareça, nada está estatico.

    Gostar

  4. Sinceramente, tenho certeza que pra qualquer pessoa é difícil gostar das mudanças quando as coisas estão bem… é o óbvio!
    Mas o pior é quando achamos que as coisas não vão bem, e quando vem a mudança, fica pior do que podíamos imaginar, e vemos que do jeito que estava antes era o melhor… Acredite, sei do que falo, e tenho certeza que você me entende! O que fazer nesse caso? Tentar se adaptar [básico], e buscar meios de melhorar as coisas, e de tirar proveito do que é positivo.

    “[Alguém aí viu “EFEITO BORBOLETA”? É o único filme aceitável do Ashton Kutcher xp]”
    Eeeei, eu A-MO “De Repente É Amor”… e concordo com a Brenda, “qualquer filme do Ashton Kutcher, mesmo que uma tranqueira, vale a pena… só pra ver ele! Hahaha!” [não que pra mim esse seja o caso de “De Repente É Amor”, devo ressaltar…]

    Amo você, e tenho certeza que isso não vai mudar!
    Bjuxx* gata [para não chamá-la de cabrita… ;D ]

    Gostar

  5. “Mas o pior é quando achamos que as coisas não vão bem, e quando vem a mudança, fica pior do que podíamos imaginar, e vemos que do jeito que estava antes era o melhor… Acredite, sei do que falo, e tenho certeza que você me entende!” — Falou e disse, Drik!
    Verdade, “De Repente eh Amor” eh muito fofo! Assisti a semana passada pela primeira vez e achei muito bonitinho… Sem contar que deu pra ficar babando um monte nele, hahaha! Vai ser lindo assim lah em casa, neah? xP

    Gostar

  6. Comentei algo sobre esse filme no post “E se” xD. Parece transmimento de pensação, que nem a Drika postou há um tempo. Enfim, os dois filmes são muito bons, 1 e 2. Adorei o post, concordo com sua opinião, às vezes até me dou o direito de me sentir parecida com você nesse “aspecto” xD hehehehe. Mudanças vem e não há como evitá-las, elas sempre virão e nós sempre teremos que nos preparar, algumas vezes mais outras menos. Adoro seu blog moça, de verdade! x) Beijo!

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s