Paraty pra mim…

[Trocadilho sem graça e mal feito!]

Esse post era pra ser dividido em 3 e colocado durante a semana, mas como eu interrompi a ideia por causa do meu fim de semana maluco, vou tentar resumir as coisas. 🙂 #maybe

Sete horas de viagem, putz! (fora o tempo que passei na rodoviária) Ninguém “passa” em Paraty, tem mesmo que ir pra lá.Por um sério momento achei que não íamos encontrar um lugar pra ficar. Mas aí achamos uma pousada com piscina 😀 As diárias não são baratas não, cidade turística, há que se relevar.

Troquei umas sms com Thiago, porque sinceramente preferia estar com ele e Kathe. Sabe como é, melhores amigos e panz! Eu só viajei com Thiago pra Bienal (e agora passei uma tarde com ele em RO), mas saio com Kathe há bem mais tempo, a gente sempre dá um jeito de fazer bagunça! \o

Pus um biquini e fui pro sol. Minha irmã tirou foto, mas não vai pensando que eu vou deixar alguém ver isso não! #runn ¬¬ Até porque não fiquei lá essas coisas… #whatnew O lugarzinho é legal (Pousada Primavera – pra quem quiser um fim de semana barato :B) e ficamos amigas da BIa, neta da dona. (O que passa é o seguinte, quando estou com crianças me comporto como uma retardada maluca tia de jardim de infância criança também, então é só visualizar! 😛)

Centro Histórico: Sabe a sensação que eu tinha em Minas? Pois é, aqui foi parecido, só que de um jeito bom. Percebi como o povo ancestral deixou esse lugar lindo. O centro é todo tomabado pelo Patrimônio Histórico, então as fachadas são preservadas e tem ares de Brasil Império. Uma das partes da Estrada Real terminava por aqui. (aquela que pegava todo o nosso rico dinheirinho #tiopatinhas ouro e trazia pros portos pra ser mandado para Portugal) As pedras são muito irregulares, então me senti meio numa Quest. #piadaRPG Dei de cara com um cartaz de Lua Nova – imagina eu encontrando os Lobos no meio do Centro Histórico! #aidelsmeabana *-*

O artesanato é muito variado (a maioria vindo de Minas) e tem rasta pra todo lado vendendo biju. Mas a maioria das coisas é muito cara, principalmente nas lojas do centro. Esse povo tem mania de querer arrancar o olho do turista. Qual é, nem todo mundo tem dinheiro, sou pobre e vim de ônibus! D: À noite eu estava tirando um cochilo (andar cansa, tá xP) e o Vinnizinhow me ligou! *-* Ele ficou com vergonha por ter me acordado. Não precisava, te amo #bolinho! .-.

No segundo dia a gente foi pra praia. O lugar é legal, mas eu fiquei com medo de enjoar no barco #nuncafoi e não fui nas ilhas. y.y Bom, entrei no mar depois de não sei quantos anos e lembrei porque não gosto de praia: Sal+muita gente+areia no biquini= estresse x_x Sim, sou chata e prefiro água doce. As melhores prais ficam longe e são pra turistas com dinheiro, mas como já disse #soypobre 😥 De noite fomos a pizzaria, mas mama não curte sair a essas horas, então não fomos muito longe do perímetro. ¬¬

(antes que falem alguma coisa, isso NÃo é um vestido!)

Domingo, último dia, acordamos cedo pra ir pra Penha, na Cachoeira do Tobogã (mapa). Pobre vai de van, né?! Então: Fila graaande, mulher reclamando horrores que passaram a perna nela, enfim, farofeiros! ;P Cara, é muuito lindo lá em cima, aquele verde pra todos os lados, a água escorrendo das pedras…

O mais interessante foi ver aquele monte de gente se divertindo de graça, sem compromisso nenhum. Adultos, crianças, adolescentes e velhinhos de sunga (#argh u.u) de vários tamanhos, cores e nacionalidades compatilhando o mesmo espaço. Isso é tããão cuuute! *-* Eu fiquei lá só olhando aquela mulherada maluca de biquini e me achando bonita pra variar um pouco, tinha cada tribufu! o.O

Depois do almoço (peeesh com friiitas *o*) Descemos para o alambique. Não acho graça em cachaça, só o cheiro me deixa tontinha x_x, mas o lugar me trouxe sensações que eu não tinha à muito tempo e só de sentir aquela paz, valeu por muitos dias de viagem.

Quando eu era pequena ia muito ao sítio do meu avô e passava o dia inteiro atrás dele fazendo coisas de roça. Mas depois que minha avó morreu a gente passou a ir cada vez menos, até parar de ir mesmo depois que meu avô veio morar na cidade. Naquela hora que eu desci e fui vendo aquele monte de árvores e sentindo aquele cheiro, acho que cheguei a fechar os olhos pra lembrar de tudo. Tive que me segurar pra não chorar (é, resolvi largar de ser chorona… :s). Subir em árvores, pegar frutas, tomar banho no córrego e ver meu avô fazendo queijo… e aquele cheiro de mato misturado com titica de galinha – não acha nojento, por favor! ¬¬ Isso pra mim sempre foi algo completamente natural, assim como o fato do meu primo não falar e nem fazer muitas coisas sozinho. Fomos criados todos juntos no meio do mato, sim!!! \o

À noite a gente tinha que ter voltado pro Centro Histórico, mas não deu. #ódiomortal Nem comento detalhes pra não encompridar a história. Em compensação, eu comi a melhor panqueca da minha vida! Eu jantei panqueca marguerita… e de sobremesa:

*-* *-* *-*Panqueca de banana com canela flambada com rum e sorvete de creme *-* *-* *-*

Isso meio azul ae no mei de tudo é fogo… pena que não dá pra ver direito T_T

No dia seguinte nós viemos embora… #triste Agora fica um pouco mais de expriência pra uma próxima vez 😀

Anúncios

10 thoughts on “Paraty pra mim…

  1. Viu, apesar de não querer ir, foi bom pra você! 😉
    Pelo visto foi bem legal, mesmo. Eu sonho em ir nesses lugares históricos do meu Brasil um dia… *-*
    Adorei o tour…
    [PS: Quando vi, a primeira impressão que tive da sua foto foi que você tinha entrado mesmo na onda do Brasil Império e se caracterizado com aqueles vestidõõões… xD]

    bjuxx*
    Tá mais sumida que eu, hein! O que é um espanto, pois ando beeeem ocupada e sem muito tempo pra internet.
    Saudades enooooormes, amiga.
    =*

    Gostar

  2. Muito legal o texto sumida!

    Paraty é lindo, muitas saudades *-*
    Mas o que mais gostei foi a foto dessa panqueca de banana com canela flambada com rum e sorvete de creme! nhai nhai diliça!!!

    bjossss

    Gostar

  3. Se isso aí não é vestido, é uma blusa com um saião?? Mesmo assim… O que vc tava fazendo de saião em Paraty?? *-*

    Aii, Paraty!!! Minha mãe cismou de viajar ano que vem, no niver dela. A gente tava pensando num hotel fazenda, mas Paraty é uma ótima idéia, né?? E, como vc disse, pobre tb vai!! kkkkkkkkkk!!!

    PS: Queria ter sido criada no meio do mato. #prontofaley #inveja

    Gostar

    • É um saião, eu achei q tinha td a ver tirar foto d saião numa cidade histórica, ué! :B
      Eu te trago pra passear no meio do mato, podexá! *-*

      Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s