Eu quero acreditar

Lizzy e Jane em um momento de toucador... :B“- Você bem sabe que tem uma inclinação para gostar das pessoas em geral. Nunca encontra defeito em ninguém. A seus olhos todos são bons e agradáveis. Nunca a ouvi falar mal de quem quer que seja em toda a minha vida.

– Não desejaria censurar ninguém irrefletidamente. Mas sempre digo o que penso.

– Eu sei, e é isso que me espanta. Sensata como você é, deixar-se enganar tão simploriamente pela loucura e pelo absurdo dos outros! A candura afetada é bastante comum; encontra-se por toda a parte, mas ser cândida sem ostentação ou artifício, ver o lado bom do caráter de todo mundo, torná-lo ainda melhor, ignorar o lado mau, são coisas que lhe pertencem exclusivamente. (…)”

(Orgulho e Preconceito – Jane Austen)

Finalmente comecei a ler o livro da Jane! Estou com ele a mais de um mês e ainda não tinha parado pra ler direito. Por mais que esteja sem tempo, pretendo fazer com que ele seja meu ponto de distração pra não entrar em parafusos!

Uma das coisas que eu sinto saudade de quando era criança era a minha capacidade de ver o lado bom das outros o tempo inteiro. Algumas pessoas, como a Jane, irmã da Lizzy, conseguem manter esse temperamento por uma vida inteira. No entanto, não sou tão boa assim.

Com o tempo, por mais que eu tente ver somente o que as pessoas tem de melhor, vou perdendo as esperanças de tanto me decepcionar. Claro que não chego a desistir completamente, ainda consigo encontrar agulhas em palheiros no meio dessa confusão.

Me sinto mal, no entanto, por ficar pensando mal, olhar os defeitos e esquecer as qualidades que possuem. Isso é triste, mas tem gente que me irrita tanto que não consigo pensar em mais nada além disso! ¬¬

Se, no entanto, continuarmos a crer nas pessoas – ou pelo menos tentar, que seja -, imaginar que todos tem no íntimo algo que se aproveite, descobriremos afinidades que jamais imaginávamos existir. Nunca se sabe de onde pode surgir um amigo! ( A Amanda que o diga, a gente não cruzou muito, logo de cara, somos alphademais!! hahahaha 😀)

Em pleno laboratório, as 17:27, descobri que meu namorado também acredita muito nas pessoas, mesmo depois de me conhecer! HAHAHAHA Que bom! ‘u.u

Advertisements

4 thoughts on “Eu quero acreditar

  1. Morri de rir do “meu namorado ainda acredita muito nas pessoas, mesmo depois de me conhecer”! ;p
    Quando comecei a ler, a foto ainda não estava carregada, e eu estava tentando pensar de onde eu conhecia esse trechinho tão bem! Jane Austen disputa com Shakespeare a posição de melhor autor(a) pra mim! Mas o melhor dela é “Persuasão”… Já leu?
    Beijinhos, flor!

    Gostar

  2. Vou ganhar esse livro do meu namorado! 😀
    Eu devo admitir que eu sou muito crente nas pessoas. Isso pode parecer ingenuo demais, eu sei. Eu também tenho momentos em que o santo não bate de cara, mas quando isso não acontece, na maioria das vezes acabo descobrindo que estou certa quanto ao carater da pessoa. Sou muito intuitiva, sabe?!!

    Morri de rir do “meu namorado ainda acredita muito nas pessoas, mesmo depois de me conhecer”! ;p 2

    bjuxx*
    Saudades!

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s