Resenha: Os Homens que Não Amavam as Mulheres – Stieg Larsson

Título: Os Homens que Não Amavam as Mulheres
Original Sueco: Män som hatar kvinnor
Autor: Stieg Larsson
Editora: Companhia das Letras
Publicação: 2008


Estava doida pra comprar havia tempos e anos passado finalmente consegui, usando um dos meus cupons de aniversário. =P Fiquei morrendo de vontade de devorá-los imediatamente, mas eles são bem grandes e eu ainda tenho um pouco de vergonha na cara e estudo pra faculdade, então… precisei esperar. Está valendo totalmente a pena, claro, agora que mudei de setor (não sei por quanto tempo) e estou secretária da Fundação Cultural de Casimiro – a original entrou de licença maternidade. *-* Optei por mostrar as duas capas, pois ambas são lindas, mas a minha é a de cima – versão econômica tamanho gigante não sei por que.

Os homens que não amavam as mulheres é um enigma a portas fechadas – passa-se na circunvizinhança de uma ilha. Em 1966, Harriet Vanger, jovem herdeira de um império industrial, some sem deixar vestígios. No dia de seu desaparecimento, fechara-se o acesso à ilha onde ela e diversos membros de sua extensa família se encontravam. Desde então, a cada ano, Henrik Vanger, o velho patriarca do clã, recebe uma flor emoldurada – o mesmo presente que Harriet lhe dava, até desaparecer. Ou ser morta. Pois Henrik está convencido de que ela foi assassinada. E que um Vanger a matou.

Quase quarenta anos depois o industrial contrata o jornalista Mikael Blomkvist para conduzir uma investigação particular. Mikael, que acabara de ser condenado por difamação contra o financista Wennerström, preocupa-se com a crise de credibilidade que atinge sua revista, a Millennium. Henrik lhe oferece proteção para a Millennium e provas contra Wennerström, se o jornalista consentir em investigar o assassinato de Harriet. Mikael descobre que suas inquirições não são bem-vindas pela família Vanger. E que muitos querem vê-lo pelas costas. De preferência, morto. Com o auxílio de Lisbeth Salander, que conta com uma mente infatigável para a busca de dados – de preferência, os mais sórdidos -, ele logo percebe que a trilha de segredos e perversidades do clã industrial recua até muito antes do desaparecimento ou morte de Harriet. E segue até muito depois…. até um momento presente, desconfortavelmente presente.

Mikael Blomkvist é um jornalista que investiga a área financeira da Suécia e seus negócios podres. Junto com Erika e Christer, fundou a Millenium, que é considerada por muitos como uma revista de esquerda. Com a história do escândalo ele precisa sumir por um tempo e acaba aceitando a oferta do patriarca da família Vanger. É um sujeito extremamente interessante, inteligente, carinhoso… e mulherengo!

Lisbeth Salander é um enigma. Definitivamente não funciona como as pessoas consideras normais, não responde perguntas e não se deu bem na escola. 24 anos, com corpo de criança, cabeça meio raspada, roupas pretas, piercings pra todo lado e tatuagens, como se não bastasse ser considerada mentalmente retardada. Só que é justamente o contrário, ela é uma das pessoas mais inteligentes que eu já tive o prazer de conhecer! Ela trabalha para uma agência de seguracça como freelancer, porque o seu chefe percebeu que ela nunca seguiria horários normais.

Tenho pena do Stieg Larsson só ter alcançado o verdadeiro sucessor após a sua morte, porque o livro é perfeito, ou quase. Ando muito crítica ultimamente :B Em algumas partes ele fala de aspectos históricos que auxiliam no contexto mas que, ao mesmo tempo, travam a emoção da coisa toda, fora isso tudo certo. O fato é que Os Homens que Não Amavam as Mulheres é um eufemismo desgraçado da versão francesa – já que a versão brasileira não foi traduzida direto do sueco. Os Homens que Odeiam as Mulheres se manteria como um título muito apropriado. Quem ainda não teve a oportunidade de ler esse livro não faz a mínima ideia do tipo de crueldade a que as mulheres suecas são submetidas. Não sei qual é a fonte dos dados obtidos sobre os maus tratos, mas saber que muitas delas são ameaçadas, coagidas, espancadas e estupradas durante toda a vida me fez pensar em como coisas assim acontecem todos os dias sem que prestemos atenção. Existem leis que não se usam, porque uma mulher ameaçada sempre terá medo de denunciar seu agressor por N motivos.

Na minha opinião, mais do que um livro de suspensse e mistério, que fala sobre história e tem um enredo fascinante – o vilão principal saiu de onde eu menos esperava-, Os Homens que Não Amavam as Mulheres é um relato chocante pra abrir os olhos diante dessa realidade nojenta que ainda existe. Ai de qualquer cara desses que cair nas garras de Lisbeth Salander!!! #tenhopena

“Na Suécia, 92% das mulheres que sofreram violências sexuais após uma agressão não apresentaram queixa à polícia.”

O Filme:

——

Imagens que apareceram no google para os respectivos papéis – pra Lisbeth eu concordo, segundo a descrição do livro ela deveria ter cara de uns 12 anos! Mas para o Mikael eu achei perfeito assim mesmo.

Não curto a cara do Daniel Craig, nem sei por que….

Emma Watson fugiria completamente do visual doce e loiro de sempre!

Já a Kirsten Stewart tem aqueela cara, acho que até ficaria legal pela falta de expressividade necessária na personagem.

Deixando claro: ainda não vi o filme pra saber como é a atuação de Noomi Rapace!

Anúncios

5 thoughts on “Resenha: Os Homens que Não Amavam as Mulheres – Stieg Larsson

  1. Fiquei curiosa sobre esse livro… Se der vou comprar.

    E putz, não sabia desses dados sobre agressão à mulher sueca!! A gente sempre acha que em país de primeiro mundo isso diminui…

    “Já a Kirsten Stewart tem aqueela cara, acho que até ficaria legal pela falta de expressividade necessária na personagem.”

    #euri

    Gostar

    • Tomara que eu não seja atacada por fãs enlouquecidas por causa desse comentário. Eu até gosto da cara de nada da Kirsten .-.

      Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s