Resenha: Orgulho e Preconceito e Zumbis

Título: Orgulho e Preconceito e Zumbis
Autor: Jane Austen e Seth Grahame-Smith
Editora: Intrínseca
Publicação: 2010

Como fã de Jane Austen eu poderia ser uma pessoa extremista e enumerar muitos motivos para que tal atrocidade não ocorresse com uma obra clássica. Mas, a verdade, é que sou louca por sátiras! Creio que mesmo os livros mais sérios permitem um toque de humor.  Constatei, com certeza, esse fato na leitura de “Jane Austen – A Vampira” (cuja resenha farei em breve), talvez até mesmo a própria Jane tivesse “curtido” essa nova roupagem do seu livro.

Convenhamos, é claro que mesmo com todo o humor e as pitadas de pimenta que o Seth Grahame-Smith enxertou na trama, o livro original sempre será mais perfeito e bem acabado devido a todo romance. Na verdade, não sei nem como contar alguma parte dessa “nova versão”, sem tirar a graça de descobrir por si mesmo.

No entanto, vocês podem imaginar katanas, quimonos, dojos de treinamento, tudo isso para enfrentar a praga dos zumbis que infestaram a Inglaterra. Elizabeth é transformado numa guerreira, bem como suas irmãs – elas até possuem uma formação de ataque especial. :B Não existe praticamente nenhum cenário visitado na trama que não seja atacado e os personagens não precisem se defender de alguma forma. Alguns dos diálogos originais até mesmo foram adaptados para essas cenas de ação, coisa que julguei genialmente impossível de fazer, porém, funcionou.

Outra coisa é interessante, é que o Seth exarcebou completamente os defeitos dos personagens, fazendo com que até eu tivesse vontade de matar a mãe da Elizabeth e a irmã mais nova, Lydia, pra fazer elas calarem a boca. u.u Mas vale a pena ressaltar que, ainda é o livro da Jane [viu como estamos íntimas?!] . Muitas partes são idênticas ao texto original e podem parecer enfadonhas para aqueles que não são fãs de romance. Mesmo assim, penso que vale a pena ler um clássico, mesmo que repaginado, quem sabe não vem aquela vontade de ler o original?

Ah, sim, respondendo antecipadamente a alguma pergunta feminina, o Sr. Darcy ainda é o Sr. Darcy – altivo, porém justo e gentil. Mas vocês precisam ver o que ele faz com o Wickham!!! *-*

11 thoughts on “Resenha: Orgulho e Preconceito e Zumbis

  1. Devo confessar que sempre que via esse livro eu pensava: como alguém pode ter coragem de estragar Jane Austen? Nunca tinha me dado ao trabalho de olhar a sinopse dele e não sabia que era paródia. Mas agora fiquei com vontade de ler. Pra poder querer matar a mãe e a irmã mais nova da Elizabeth também. Embora eu já tenha vontade de matá-las há muito tempo.

    Gostar

    • (Y) Como eu disse, curto muito as paródias.
      É mais uma prova de que a gente precisa dar uma chance pras coisas antes de critica-las, sempre tento fazer isso mas nem sempre é fácil.

      Gostar

  2. Desde a primeira vez que li esse livro numa estante da livraria, fiquei (e permaneço!) repugnada com a ousadia em tocar em algo tão sagrado quanto Austen. Mas vi no Twitter (acho) que você tinha lido esse “Jane Austen – A Vampira”, e me interessei. Já pedi para comparem na minha biblioteca, e depois de ler conto o que achei.
    Beijinhos, flor.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s