Mais ou menos eu, assim

Dei a louca e alisei o cabelo esses dias, a franja vai ficar linda e “no lugar certo” por um tempo. Mas quer saber de uma coisa? Não curti. Não me entendam mal, ficou uma graça e é tudo que eu sempre quis pro meu cabelo: uma franja decente que não me deixe parecendo um poodle.

O problema está justamente aí – é tudo que eu sempre quis ser, mas não é o que eu sou… Eu já tenho 23 anos, pelamordedels, deveria ter parado de tentar mudar o que eu sou, porque no fim das contas eu nem estou fazendo isso por mim de verdade, mas pelo que os outros vão achar. 

É cansativo ficar ouvindo as pessoas dizerem que você precisa mudar um pouco porque elas estão cansadas de te olhar sempre com a mesma cara. “Por que você não se arruma mais?” Gente, eu não vou deixar de dormir de manhã pra me arrumar pra ir trabalhar se a minha função não exige isso. Sinceramente, são minhas horas de sono e eu já detesto acordar às sete, imagina mais cedo! Modéstia a parte, poucas pessoas tem uma pele tão timpa quanto a minha e, além da alergia, não pretendo entupir meus poros de maquiagem, obrigada. =)

Eu levanto de manhã e prendo o cabelo quando está bagunçado, visto a roupa que estiver limpa e saio – depois de alimentar devidamente o ser felino que vive comigo agora, claro u.u. Aí as pessoas se assustam quando eu apareço arrumada numa festa. “Por que você não sai sempre assim?” AlôÔÔ, e o elemento surpresa?

Enquanto a maioria das mulheres fica em frente do espelho passando maquiagem, eu faço caretas. Enquanto elas ficaram lendo revista de moda e conselhos de beleza, eu li livros suficientes pra me sentir uma pessoa inteligente. A não ser quando aparece aquele cara muito maravilhoso e a gente percebe que nem tudo o que a gente sabe é suficiente pra impressionar o dito cujo – mas ninguém é de ferro e o meu cérebro também vira geleia às vezes… =x

Resumindo, não sou uma mulher comum – já que agora eu percebi que já não sou mais uma garota. Não me vejo gostando de coisinhas femininas o tempo todo, apesar de ter os meus momentos de mulherzinha. Já fui muito mais mal feita do que sou agora, mas sempre fui limpinha e cheirosa e ninguém pode reclamar. *-* Me arrumo quando tenho vontade, mesmo que isso possa estar relacionado a algum indivíduo de sexo masculino, se eu não estiver com vontade, ninguém pode me obrigar.

Provavelmente vou continuar sentando a mão nas pessoas quando estiver com raiva, ou abraçando e beijando muito quando estiver feliz. E não vou prometar parar de tentar mudar por causa de alguém, já que algumas mudanças são melhores pra mim também e essa seria apenas mais uma daquelas promessas que acabo quebrando. Só não quero mais passar meu tempo tentando agradar alguém, como tenho feito nos útimos meses e depois perder pra outra que é justamente o oposto e ficar nesse hiato que se transformou a minha vida. Porque quando você passa tempo demais se transmutando por alguém e essa pessoa vai embora, demora até encontrar a si mesmo debaixo do escombros que restaram e eu não quero mais isso pra mim…

Passei muito tempo longe, com vontade até de não voltar nunca mais, sentindo pena de mim mesma e duvidando se eu realmente sei fazer isso aqui. Mas cheguei a conclusão de que não há nada mais que eu queira e saiba fazer tão bem a ponto de investir. Larguei tudo, mas quero voltar, aos poucos, quando tiver vontade. Minha mãezinha disse que eu também preciso viver um pouco fora de telas de computadores e páginas de livros… Como sempre, ela está certa, mesmo que custe admitir.

3 thoughts on “Mais ou menos eu, assim

  1. Espero que essas decisões todas sejam sempre por você e só você – não apenas no sentido de não ficar tentando agradar aos outros. Espero que suas decisões sejam sempre apenas suas, sem jamais serem induzidas por uma ferida causada por alguém. Porque no fim das contas, agradar e ser ferida acabam sendo motivações parecidas, não é mesmo?
    Desculpe o sumiço, florzinha. Estou tentando voltar à ativa, porque sinto falta dessa interação com os meus queridos blogueiros.
    Espero que esteja tudo indo bem por aí.
    Beijinhos!

    Gostar

  2. Mais um post com a qual super me identifiquei. Tô começando a achar que saí da barriga da senhora sua mãe! Hahahha
    Bom, antes eu também tinha o costume de me arrumar pensando no que as pessoas iam pensar, hoje eu me arrumo pra mim mesma. Não sou de usar maquiagem corretiva, só de complementação. Meu vício atual é o delineado gatinho, e o bocão vermelho!
    Sei como é essa história do cara, e foi mais um aprendizado pra minha vida! [Melhor eu não entrar em detalhes aqui, mas você sabe tudo, então sabe do que estou falando!]
    Aos meus 23, também estou querendo viver mais, principalmente fora das telas, e está sendo libertador, mesmo com os limites!
    Te amo do jeito que és, você sabe!❤

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s