Para minha irmã morrer de vergonha

Eu te peguei no colo, troquei suas fraldas, te coloquei pra dormir cantando músicas de Sany & Junior e Nightwish. Te deixei de castigo no berço porque fez pirraça. Brinquei com você, te expulsei do meu quarto, briguei com você por ter pegado meus brinquedos sem pedir. Penteei seus cabelos e você bagunçou tudo. Eu te amo.

Fiz sua omelete com tomate e orégano, mesmo você tendo alergia a ovo, só porque você gosta. Tentei te ensinar a dançar minhas loucas coreografias. Decorei canções de desenhos animados, tanto por você quanto por mim. Brinquei de luta com lençóis, deixei você andar nas minhas costas. Ameacei os meninos na escola, quase chorei em todas as vezes em que você preferiu que eu fizesse isso. Consegui te fazer confiar fazendo o mínimo de promessas possível. Eu te amo muito.

Te pedi colo quando chorei, embora você não tivesse idade pra passar por isso. Te dei colo pra você chorar. Parou de bagunçar o cabelo depois que eu arrumava, mas eu pintava suas unhas e você arrancava tudo no dia seguinte e eu dizia que nunca mais ia pintar de novo… Tirei fotos melhores que o fotógrafo que passou na escola. Comecei a te deixar entrar no meu quarto. Conversei com você sobre questões da vida e o preço do biscoito recheado. Tentei te explicar que, mesmo tão maravilhosa, você não é melhor que ninguém. Morri de vontade de te dar uma surra. Tentei te proteger das brigas alheias. Passei a compartilhar meus livros, cheia de ciúmes deles, pra que você começasse a gostar de ler. Eu te amo mesmo muito.

Eu queria ter te levado comigo quando saí de casa e não tinha dinheiro. Queria te ver mais vezes, mas você sabe por que não o faço. Gostaria de te proteger do mundo todo, te vestir uma burca pra ninguém te dizer mentiras e magoar teu coração até os 32 anos! Dormir abraçada com você, mesmo quando me estapeia a noite toda. Realmente te amo.

Agora você tem esses cabelos compridos e olhos maldosos e espertos muito mais do que eu sonhava em ser quando tinha a sua idade. Sardas que você odeia e que eu amo. Começou a usar sutiã e, com certeza, vai fazer cara de raiva e dizer que eu sou uma “vadia do inferno” porque estou contando isso pra outras pessoas. Não consigo parar de pensar que você ainda merece uma surra e precisa melhorar sua ortografia. E deveria mesmo arrumar o seu quarto, mas não posso reclamar disso porque faço a mesma coisa. Fico muito feliz quando você lê, eu amo isso em você.

Agora é você que fica mais tempo com mamãe e aguenta ela de vez em quando. Muitas coisas não deveriam ter acontecido nos últimos tempos. Eu não queria que você tivesse a mesma má sorte que eu, só que algumas coisas a gente não pode escolher. Mas eu espero que você saiba que eu faria qualquer coisa mesmo pra você ter tudo que eu não tive. Porque você é um pedaço geneticamente melhorado de mim (com exceção dos pés). E não adianta agora ter vergonha das minhas maluquices no meio da rua, ou dos apelidos, ou quando eu te apertar até te tirar todo o ar.

Eu sei que não sou sua melhor amiga, embora quisesse muito ser. Existem lugares no seu coração que nem sempre estarão abertos para mim, principalmente quando eu te disser um “Não”. Estou tentando aprender que você já começou a tomar suas próprias decisões. Isso me deixa com medo, mas já não há muito mais que eu possa te ensinar que você não tenha descoberto sozinha. Mesmo assim eu ainda quero ser uma pessoa em quem você confia e escolha pra lutar por você e com você. E, por favor, não me esconda nada…

… porque eu sou sua irmã mais velha e irremediavelmente, infinitamente e eternamente amo você.

2 thoughts on “Para minha irmã morrer de vergonha

  1. A irmã mais nova aqui ficou impressionada com a sua capacidade de adivinhar o que eu vou dizer(vadia do inferno!). rsrsrs eu também te amo muito e você sabe que nada que eu possa falar vai mostrar isso pra você. fica tranquila… você vai sempre ser a chata que me da bronca, critica, manda fazer de novo, me esmaga de tanto apertar, me deixa doloria e me chama de “fresca”. como vc dizia quando eu queria alguma coisa e ia “miando” pedir: _Fala que nem homi minina…
    rsrs
    te amo, te amo, te amo.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s