Ódio ao provador (Ou De como comprei o vestido ‘azul caneta’)

Que não sei me vestir muito bem já é um fato. Tenho preguiça de acordar cedo para me arrumar e gastar meu precioso tempo de sono matutino. Então eu acordo, escovo os dentes e visto praticamente qualquer roupa limpa que caiba em mim. Mas roupas, como se sabe, ficam velhas ou a gente enjoa. E ainda tem aquelas fases ruins de mulher nas quais a gente engorda mais do que deveria/desejava. Foi o que aconteceu comigo nas férias.

Como se não bastasse o monte de gente comentando os quilos a mais – nem tenho espelho em casa pra ver as roupas não caberem, né! –, parece que não existe quase nada que eu goste nas lojas. Que porcaria de coleção é essa de tecidos sem caimento, modelagem pra cabide e estampas cada vez mais bizarras? Por causa disso acabo sempre voltando ao básico jeans e camisa/camiseta. Pode ser paranóia, mas tem sempre alguém me olhando torto. Alguns chegam a falar mesmo que eu deveria usar mais vestidos, saias e blábláblá, mas simplesmente não é prático pra mim. Passo a maior parte do dia no trabalho e preciso de roupas confortáveis (do tipo que dá pra sentar de qualquer jeito, de preferência).

Mesmo assim, esse ano decidi incluir peças mais chicosas ao meu guarda-roupa, mas que sejam o mais atemporais possível e coringas. Resultado: passei meses semanas procurando um casaco/blaser/whatever até achar. Depois resolvi procurar um vestido reto que não me deixasse com cara de capa de botijão de gás… Mais algumas semanas (meses). E toda vez que eu olhava pros vestidos eles me encaravam dizendo “Você é gorda/baixa demais pra mim”. Não é que eu esteja enorme, só que simplesmente parece que as roupas não são feitas para mulheres de tamanho comum – as que não se assemelham com cabides.

E quando você chega a cogitar a possibilidade de comprar algo, está muito acima da sua faixa de gastos. Sou uma pobre assalariada e não pretendo gastar R$300 num vestido! Apesar de tantos empecilhos e tempo gasto, finalmente encontrei O vestido. Agora só falta a ocasião certa para usá-lo. ¬¬”

((Perdoe a pessoa que não sabe posar de modelo))

vestido-azul-caneta-alphagirl-alineleal13

Anúncios

2 thoughts on “Ódio ao provador (Ou De como comprei o vestido ‘azul caneta’)

  1. 1 – você ficou linda nesse vestido U.U
    2 – gordinha?! qual o seu problema?! ¬¬
    3 – sim!! estou “stalkeando” seu blog *_*

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s