Trilha Sonora: Spring Spring Spring (Seven Brides for Seven Brothers)

Sete Noivas para Sete Irmãos, um filme super antigo que não teria motivo nenhum pra eu conhecer a não ser por uma razão: Eu AMO musicais. Não sei bem por quê, assim como não faço ideia da maioria das coisas que acontecem comigo. É tudo tão mágico e perfeito! Enfim, era pra contar sobre o filme.

Sinopse:
Adam, o mais velho de sete irmãos, vai para a cidade, depois do final do inverno, para comprar milho, utensílios para a fazenda e para arrumar uma esposa. Ele convence Milly, que trabalha no bar local, a casar-se com ele no mesmo dia. Depois Adam leva a noiva para seu lar, nas montanhas que circundam a cidade. Só então Milly decobre que Adam tem seis irmãos, todos eles vivendo na cabana. Milly precisa de muito tempo e paciência para “domar” os cunhados rústicos e brutalhões, que querem, a todo custo, seguir os passos do irmão e conseguir uma mulher para si próprios. Então, após ler sobre o mito do Rapto das Sabinas pelos romanos, Adam desenvolve uma solução criativa para a solidão dos irmãos: raptar as mulheres que desejarem.

Já dá pra imaginar a confusão anunciada por causa desse belo rapto de moças no Velho Oeste americano. É tudo muito engraçado o tempo inteiro, as meninas foram raptadas de suas casas no meio da noite, causando o maior alvoroço nas famílias, que logo foram atrás. Para que não pudessem ser alcançados, Adam dispara um tiro que provoca uma imensa avalanche, impedindo a passagem pela estrada durante todo o Inverno. As famílias então decidem esperar até a Primavera, quando a neve derretesse para resgatar as moças e matar os irmãos Pontipee.

Milly fica extremamente revoltada quando as meninas chegam na fazenda, uma delas sua irmã mais nova, e expulsa todos os sete irmãos para o celeiro. Adam, revoltado, vai para a cabana de caça e diz que só volta quando chegar a Primavera, pra defender a fazenda. Nesse meio tempo Milly descobre que está grávida e as meninas ficam todas cheias de cuidados com ela. Os seis irmãos restantes, bravos a princípio pelo plano não ter dado certo, começam a derreter o coração de cada uma de suas amadas.

Curiosamente, Dorcas (Julie Newmar) – morena em pé, olhando pro nada de ladinho – é a primeira Mulher Gato.

Eu gosto especialmente da música Spring, Spring, Spring. É pela óbvia chegada da Primavera, quando todos estão apaixonados e cantando sem motivo algum (assim como em todos os musicais). O bebê de Milly está pra nascer, a barreira de neve já era, a reviravolta do filme.

Esse filme velho e fofo eu assisti pela primeira vez na época em que passavam ótimos filmes velhos e fofos no Corujão da Globo. Como eu não podia ficar acordada até tarde, deixava o vídeocassete gravando pra mim. *o* No dia seguinte eu via se tinha alguma coisa que prestasse. Eu tive a fita com o filme por bastante tempo, mesmo depois que alguma coisa ficou gravada por cima do início. O começo dessa primavera ventorosa e um pouco chuvosa (segunda-feira) me fez ir assoviando Spring, Spring, Spring até chegar em casa, então nada mais oportuno do que colocar a música aqui. Além do mais, o filme é o máximo, vê-lo-ei novamente em breve.😛

Acompanhe o vídeo (Letra aqui):

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s