Olha eu aqui de novo

A última vez que saiu alguma coisa aqui no blog foi no último dia de 2013. Desde então eu escrevi muito pouco, infelizmente, me deixei levar pelas circunstâncias e pela preguiça. Esse sempre foi um defeito meu que ainda tenho muita dificuldade para corrigir. Ainda assim, cá estou eu, em 2016, escrevendo pelo celular mesmo, tentando colocar novas ideias pra fora. Nova gramática, novos hábitos, outro antigos, mas uma vida completamente diferente da que eu tinha em 2013.
Pra começar, ainda estou com o Pedro, mesmo não legalmente casados, ele é meu marido (e ai de quem disser o contrário!). Nós agora temos um filho que nasceu no final de 2015, que é parte do motivo pelo qual estou querendo voltar a escrever. Nós nos mudamos mais do que eu gostaria. E minha mãe faleceu, o que levou a muitas outras consequências.
Eu gostaria de dizer que me tornei uma pessoa diferente, que me tornei mais corajosa, mas a verdade é que eu luto todos os dias por isso. Um dos motivos pra eu ter parado de publicar no blog é porque quase ninguém lia. Me sinto muito mal por isso, de que adianta você se dedicar todo dia, escrever, pensar no que você vai dizer, evitar todos os palavrões, se não tem ninguém que parece estar minimamente interessado no que você tem pra dizer? Então eu desisti. Não devia ter feito isso, mas eu fiz. E agora eu fico pensando porque eu me importo tanto com o que as pessoas têm pra pensar sobre mim.
Quando engravidei comecei a pensar que meu filho merecia uma mãe mais corajosa, uma pessoa pra quem pudesse olhar e se inspirar sobre quem ele poderia ser quando crescer. Ser uma pessoa que não tivesse tanto medo de agir, que não pensasse tanto antes de fazer as coisas e que acabasse não fazendo nada.
Então eu tô aqui tentando fazer isso funcionar de novo. Eu vou voltar a falar das coisas que eu gosto – livros, filmes, música, as coisas idiotas que me deixam feliz. Mas eu também quero falar sobre meu filho, sobre o meu sentimento em relação a ser mãe, como foi a gravidez e algumas discussões que agora considero importantes. Isso tudo sem expor tanto a vida dele, porque mesmo sendo apenas um bebê ainda, não acho que tenho direito, entende? Não sei o que ele vai achar disso quando crescer.
Cheguei a pensar em começar tudo de novo, abrir outro blog, mas agora não vejo mais necessidade. Na verdade esta postagem é mais pra explicar a minha volta, afinal de contas o blog está paralisado há quase três anos, precisava dar uma varrida antes de colocar as novidades.

Até mais.

Anúncios

6 thoughts on “Olha eu aqui de novo

  1. Oie! Eu sempre li e gostei do que você escrevia aqui e pode ter certeza que vou continuar acompanhando, eu também morro de preguiça de manter o meu atualizado!

    Fiquei muito feliz que voltou!

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s